domingo, 31 de maio de 2009

vinte e dois

Houve um tempo em que fazer aniversário era a coisa mais legal que podia acontecer no ano. Por quê? De repente, de uma hora pra outra, a coisa se inverteu e tomou outro rumo. Trauma de infância, talvez. Quer dizer, talvez nada. Certamente. Desde então eu tenho a mania de ficar a espera de algo que nunca vem. Sempre dá tudo errado, meio do avesso, e sempre fico mais confusa. Por quê? Neste ano, não tenho nada novo pra pendurar no mural e isso me soa um tanto doloroso. O pior é quando alguém faz questão de te torturar: ao ver o tédio escrito em letras garrafais na sua testa, insiste em ficar perguntando o que você tem, o que está acontecendo, por que você é assim? E aí a coisa fica atravessada na garganta, e todas as minhas forças se vão numa batalha interna sangrenta para eu não ter que assumir e explicar... É que eu me reconheço meio injusta, meio besta, meio infantil, meio mimada, meio idiota, meio o que for... E eu poderia falar do Congresso de Jornalismo Cultural, da prova da Folha de S. Paulo, da minha sorte pra determinados assuntos (bem específicos, por sinal), do StarBucks, do Budapeste, do Anjos e Demônios ou até da Alice no País das Maravilhas. Poderia falar de saudade, de nostalgia ou algo sobre um certo desânimo monográfico. Mas ah, quem se importa?! Fico mesmo a fazer uma valsinha com os pés solitários debaixo do edredom, morrendo de inveja do que o vento faz com a cortina e sem saber o que pensar sobre o Bem-te-vi que canta lá em cima da antena da Tv.

8 comentários:

Kaline Rossi disse...

eu odeio esquecer aniversários. =x

Nattércia Damasceno disse...

Eu odeio faltar almoços de aniversários.

MV disse...

Poucas coisas na vida podem ser consideradas certezas absolutas. E das poucas que (re)conheci ao longo da vida é: os bem-te-vis nunca cantam por nada, basta saber ouvi-los...

GiselleXL disse...

E foi nos "trapichos" da vida, que eu aprendi ao menos a reconhecer os cantos dos bem-te-vis, sem saber que eles já cantavam bem próximo à minha janela...

Cartunista Braga disse...

Felizes aniversários. Beijos nas bochechas.

Marcos disse...

olhe,

todo mundo fica melancólico no dia do próprio aniversário; talvez porque, forçados a refletir (dias de aniversários são dias de balanços; são dias de apuração das tristezas e felicidades, entre outras coisas menos abstratas) a gente se dê conta duma vontade latente, lá no fundo, de que no dia seguinte, como mágica, tudo seja diferente e todos os problemas sejam resolvidos.
talvez a gente pense, enfim, que devamos acordar, no dia seguinte, como pessoas mudadas, totalmente renovadas, corrigidos todos os defeitos que nós mesmos nos atribuímos; e isso é aquele velho desejo de mundança; é a eterna insatisfação; eis a condição humana (hehe).
talvez, porém, quando aprendermos a aceitar quem somos, do jeito que somos, não haja mais melancolia, ou inquietação; aí os aniversários serão dias de celebração e agradecimento, como devem ser.

Natalia Jung disse...

meio isso, meio aquilo, coisa geminiana de ser...(será que isto foi um alento?...gluct...) Parabéns!

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,正妹牆,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站