sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Boto que é bom, nada!


Ceis acham mesmo que eu acredito nessa história de boto no Rio Acre é? Pois saibam: pra mim, isso continua a ser lenda. Nunca vi! E olha que sempre procuro quando passo. Vejo coisas como essas nas fotos aí*. Vi e bati foto! Mas, boto que é bom, nada!

tsc tsc tsc.

*das coisas curiosas que se pode ver no Rio Acre numa manhã de quarta-feira ao atravessar a passarela.

10 comentários:

Um produto da mente disse...

Ter tem e eu já vi. Tive até uma bela oportunidade de ver 3 (três) ao mesmo tempo, isso mesmo. Foi numa noite chuvosa a alguns anos atrás. Bom, mas já faz um 'cadim' de tempo, né?
Com o passar do tempo, uma pá de coisas quase não se vê mais no perímetro urbano de Rio Branco - essa pequena-grande cidade, rs. Por ex: pé de fruta-pão (adoro! com café então...), periquitos voando pela manhã (ainda vejo alguns, mas é cada vez mais dificil), pé de goiaba branca, residências com várias fruteiras no quintal. Digo isso pq cada vez mais as casas estão 'concretizando' (literalmente) seus quintais. Mas enfim...
Bom, mas voltando ao boto, eu tmb compartilho contigo a vontade de fotografar um boto no Rio Acre, e se for ali perto da ponte ou da pinguela, melhor ainda pq daqui a algum tempo, aí sim, infelizmente, vai se tornar lenda. Ou não, depende de nós, cada um fazendo seu papel como educadores, jornalistas, e uma infinidade de profissões que podem dar uma grande força pra melhorar esse maravilhoso mundo, e claro toda a humanidade como CIDADÃOS.
Bjão

Um produto da mente disse...

Falei de boto, de coisas q são cada vez mais difíceis de se ver nos dias atuais. E acabei esquecendo de comentar sobre da canoa levando uma TV bem mais moderna que a minha. Achei tosco, ainda me dá a sensação de antagonismo: o moderno e o antigo. Mesmo sabendo q isso é cada vez mais comum. Lembrei dakela foto do Alcantara dum seringueiro falando num celular, já viu?

ThiagoMelo disse...

êh o/
vc tem ganhou mais um leitor!
beijão Giselle.

Adaildo Neto disse...

menina aparece no rio por volta de 11 horas da manhã e grita:"cunhado!" apoto uma coca cola de 1 litro gelada com vc que com certeza vai aparecer o dito cujo.Feito?

GiselleXL disse...

Poisé, o cara na canoa levando uma Tv bem mais moderna q a nossa né! O antagonismo já caracteristico do Acre!

Já vi sim a tal foto do seringueiro com celular, foto famosissima até!

Ah, e vai ser bem bunito mesmo eu gritando "cunhado" pro rio, às 11horas da manhã...

hauhauhauha

Pablo Mendes disse...

Gi...Gi...
Adorei a foto, seria um Spot News!?
Eu j� vi alguns botos no rio, � f�cil d ver, vc tem q ir l� pra o bar do Gracil na Gameleira, ficar l� de olho no rio, quando estiver ficando chato, pede uma cerveja, depois outra, outra, outra...
Se quiser companhia para essa ardua miss�o me fala hein, n�o esquece....

Samuel Bryan disse...

eu nunca vi um boto no Rio Acre...
mas eu juro q ja vi a tal da Serpente Gigantesca que habita debaixo da gameleira e mergulha no rio de vez em quando...

[eu ia dizer que ja vi a Cobra Grande, mas vai pegar muito mal pra minha pessoa]

kkkkkkkkkkkkkk

mas eu juro

ps: é a Catraia trabalhando com o progresso
amei!
uhauahauhahahauh

beijos

Helder Júnior disse...

Boto existe sim. Acontece que ele não anda (ou nada) mais pelo Rio Acre. Ele Acha isso um pouco retrô. E ele é vanguarda. Hoje em dia ele é mais visto nos sábado, a partir das 15h, no Bar do Cabeleira. Ele toca triângulo na roda de chorinho...

Lidianne disse...

Pois é, amiga, assim como o Adaildo, eu tbm já ví várias vezes os botos bem alí no rio, brincando lá por volta do meio-dia, e sério, meus olhos não quisseram acreditar e parece que o encanto é tamanho que vc não consegue parar de olhar pra eles[Agora imagina: no sol de meio-dia!]Mais com certeza é imagem fascinante!

Cely Melo disse...

Eu já, alias vários. Pequenos, médios e grandes botos! Vi até um se transformando encantadoramente num homem! É sério!!! Vi mesmo! Posso contar aqui?! Então tá... Era fim de tarde, inicio noite, noite de lua cheia,tinha um rio,(os botos nadam no rio)no rio varios botos nadando aí de repente um saiu nandando, nandando até a margem deste rio, então, sob o brilho prateado da lua, ele se ergueu, com um chapeu na cabeça, lindo e magestoso, e foi andando, andando, até sumir na noite prateada... É sério vi mesmo!!!