domingo, 23 de dezembro de 2007

O amor que não era nada romântico - Parte III

Mas tudo bem, hoje ainda tem feira, talvez eu possa trocar o livro. O sorriso singelo e olhar misterioso de Drummond se transformaram em um sorriso safado e olhar malicioso.

Não trocamos livro aqui, você tem que ir à loja, fica lá em cima”, disse-me a vendedora. Tudo bem, peguei a escada rolante – ainda rindo de mim mesma – e fui até a Livraria Siciliano. Chegando lá eu disse que havia comprado o livro errado e queria trocar, a moça me pediu o cupom fiscal – não, eu não trouxe o cupom fiscal - respondi.

Aliás, quem é que guarda cupom fiscal? Eu não guardo, ainda mais de um livro de poesias – supostamente românticas – do Drummond. “A gerente não tá bem-humorada hoje, procura o cupom e volta aqui depois, mesmo não o encontrando, quem sabe a gente dá um jeito...”, consolou-me a jovem.

Então, no longo caminho de volta ao hotel, pensei comigo mesma: Mas que cupom fiscal? Eu não recebi nenhum cupom fiscal! Realmente, eu não tinha recebido, e eu sabia bem o porquê: Quando comprei o livro, era tarde e a feira estava fechando, o livro custava 26,90 reais, e por falta de troco, a vendedora fez de 20,00, pediu-me segredo e então fiquei sem cupom.

Mas tudo bem, da próxima vez que a carência de amor bater, pensarei duas vezes antes de deixar-me levar por qualquer rostinho bonito em capa de livro ou por qualquer desconto irrecusável. Aliás, dizem que a gente deve ler de tudo né? Ah, então tá!

3 comentários:

Jéssinha disse...

Que fafadinho esse Drummond! ^^
Será que tem esse livro por aqui? huhuhuhuhuhuh -.^

=*

Lidianne disse...

Amiga!? Puxa que saga hein?
tu me contou essa estoria mais jamais pensei que vc fosse postar aqui...tô orgulhosa!!!!!rsrsrsrsr!!!
xerú!

Veriana Ribeiro disse...

adorei os testos, cada um trazendo um surpresa. que diria, Drummond um pervetido. hauahuahuahuahauah. Bom, era de se esperar, ele é homem.... ele tinha q ter poesias eroticas. Se n, iriamos desconfiar q ele era gay. (eu sempre achei q fosse)

Adorei os textos, muito engraçados, me divertir muito com essa historia tão bem contada.

beijos linda!