terça-feira, 1 de abril de 2008

mais um dia de uma vida única: e tudo começa com chuva e bicicleta

Hoje cedo, enquanto todos dormiam, eu andava de bicicleta – NA CHUVA! Passava a língua ao redor da boca e sentia gostinho do que eu chamo de vida. Pensei na possibilidade de ter um Mp3, mas não sei bem qual seria a trilha perfeita e melhor que o som que faz quando as nuvens estão ganhando leveza.

Eu precisava me concentrar na história que contaria em casa: "Minha bicicleta precisava dum banho". O problema era o relógio não à prova d´água, encharcado no meu pulso. Mas nada que um pote de farinha não resolvesse...

Depois disso tudo, meus pais discutiam na cozinha uma notícia que deram na Tv. Meu pai a conferia no jornal impresso, minha mãe fazia tapioca e eu calçava meu allstar. “Homem que teve olho arrancado corre o risco de ficar cego”, era mais ou menos assim. Depois pularam pra histórias como “Mulher se mata com dois tiros...”...

Meu pai faz questão de repetir o fato fazendo uma encenação; e eu penso “não posso esquecer o relógio dentro do pote de farinha”, e minha mãe apressa tudo e todos pra não chegar atrasada na escola. A gente comenta algo sobre a saúde de alguém e o emprego de outro.

Ficamos tristes, ficamos felizes e rimos um pouco. E então, cada um vai pro seu mundo, viver mais uma manhã, de mais um dia, que compõe mais uma semana, integrante de mais um mês, de mais um ano, de uma única vida...

5 comentários:

Tião Vitor disse...

O problema não nem o relógio encharcado e nem a bronca dos pais e sim a gripe ou pneumonia resultante da chuva fria. Nada que uma boa dose de jucá não cure.

Kaline Rossi disse...

Égua, o que doida?
hehee

thalyta disse...

ahh que horas?
eu ando meio sem tempo ó.
só poderia se fosse a noite
vc pode me informar tudo sobre
=P eu agradeço :B

:**
BJO GII!

Veriana Ribeiro disse...

outro dia tomei banho de chuva também, foi bom, muito bom. Adoro, limpa a alma. Agora andar de bicicleta na chuva nunca andei, deve ser legal.

E o relogio, esqueceu ou não?

Beijos Veri

PS: Recebeu meu e-mail gi?

Samuel Bryan disse...

pequenos momentos q antecedem a realidade...
mais adoraveis impossivel