quarta-feira, 18 de julho de 2007

Henri Cartier Bresson*

*Referente a um trabalho de Fundamentos de Fotografia [3/6]

Para muitos, infelizmente, um nome sem qualquer significado. Para outros, o admirável cronista que soube entender o real, captar a verdade escondida sob as aparências e sob a fugacidade dos acontecimentos, eternizando-a não em palavras, mas em imagens.

Atuou no mundo inteiro, também na literatura, pintura, desenho e cinema.
Suas fotos eram sempre em preto e branco, marcadas pela presença humana, pela simplicidade, objetividade e, de acordo com ele mesmo, “sem mensagem subliminar”.

Não gostava da notoriedade, evitava dar entrevistas e ser fotografado. Morreu aos 20 dias de completar 96 anos.

2 comentários:

Sugestivel disse...

Na época, meu trabalho foi sobre o Fenton. Moço interessante.
Tenho uma quedinha pelo Capa, mas sou apaixonada pelo Bresson.
Adorei vê-los aqui ;)
Beijos

Ulisses disse...

td bem ki as fotos do Henri Cartier Bressonsuas nao possuem msgns subliminares, mas a primeira de cima, parece sim, um peru correndo desesperado no dia 24 de dezembro..
huauhauhauha
Porém para certas pessoas apaixonadas que eu conheço, simplesmente um "Coração".
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

bks!
x)