domingo, 11 de novembro de 2007

"[sinto]nia"

Quando ‘amizade’ era uma palavra completamente decifrável e eu sabia exatamente quem eu era.

Numa noite dessas eu sonhei com você. Eu te encontrava na saída de uma festa, a gente se abraçava e começávamos a rodar e eu chorava, chorava, chorava tanto! E então, depois de me confortar e de trazer a sensação de que você estava de volta, você desaparecia. E só.

Como pode alguém ir embora e mesmo depois de tanto tempo continuar fazendo tanta falta e ainda estar presente nos meus sonhos?

Além disso, até nos meus sonhos, você sabe muito bem a hora de aparecer.

A saudade mata sim. Mata devagar.

E os 'vinte-setes de maio' nunca mais foram os mesmos...

-x-

Escrevi o post mês passado, e o salvei como rascunho, pra postar depois. E então, dias depois recebo uma mensagem dessa mocinha, dizendo que vai aparecer por aqui neste mês.

Minha amiguinha, não faltam mais provas pra eu acreditar que vc é uma anjinha que foi enviada a esta terra - alguns momentos antes de mim - pra me fornecer mais luz.

Estou no seu aguardo.

Porque sintonia é uma coisa que não se acha em qualquer esquina. Muito menos, algo que se acabe com qualquer mudança - ou distância.

5 comentários:

Gia disse...

Meu envolvimento com a atração de energia, com meu crescimento espiritual, e com a Graça do Amor constante, tem criado forças e respostas a todo o momento. Tenho agradecido pela minha vida constantemente, e acreditado que somos todos um. Que nosso único sentido para a vida é na harmonização dos Seres, e da mente. Tudo que sempre senti, foi sempre muito verdadeiro, e todas as pessoas que estão em minha volta, me abençoam a todo o momento. Amo cada vez mais as pessoas que fazem parte de minha vida, porque Seres como VOCÊ GISELLE, são tão reais e transparentes, que só me completam! Vibro e Grito a nossa amizade. Sempre tive muito orgulho de você, sempre acreditei em você e nunca duvidei da tua Luz, porque me guiaste com manual da sincronissidade, da irmãndade e da boa vontade sempre que esteve perto e distânte de mim. Não saberia expressar aqui com limitadas palavras o grande carinho e afeto que tenho pelo seu AMOR, e eu sinceramente não daria conta das milhões de traduções ao que se refere sobre amizade. O abraço, e o choro de emoção
em que já lhe dei muitas vezes, em contato físico e espiritual, foi a resposta de tudo que guardamos entre nós. Te Amo por Demais, e esse AMOR vem de muitas vidas, muitas histórias. Ainda engatinhamos sobre as verdades do mundo e de nossa missão aqui em Terra, mas sentimos a essência disso tudo. Lhe agradeço, lhe fortico. Abraços, amiga.. muitos abraços.. e muitas lágrimas de amor puro! *Gia

Veriana Ribeiro disse...

a amizade é um sentimento dificil de se explicar. como uma pessoa que conhecemos pelas nossas andanças da vida, pode ser tão importante pra gente?

É um amor diferente. Não é apaixonado como dos amants, não é como o que temos pela nossos parentes. É algo que a gente escolhe, e ao mesmo tempo somos escolhidos. É uma dadiva.

A amizade é o primor dos primores. Então, daremos viva a ela!

^^ adorei o texto. me fez lembrar da minha amiga q tah morando fora.

Kaline Rossi disse...

Que lindo giselle, é tão bom ter amigas que se pode compartilhar de tudo, anseios, paixonites, problemas...mesmo que distantes. Mesmo que elas não existam!
hehe
bjim =*

Sugestivel disse...

Lindo mesmo, Gi.
Quero rever a Gia tbm.
Beijos

jeronymo artur disse...

é, essa coisa de amigos que vão embora é algo interessante.
eu mesmo já vi alguns indo embora, outros que ainda vão.
e sinto falta já por antecipação.

não gosto de despedidas.. =~


já te falei que seu texto gabriela me inspirou né?
então vc podia ler o que minha inspiração me fez escrever..
vai lá, ajuda eu! uhauha =*