sexta-feira, 23 de novembro de 2007

[diário] vida*

(...)

e decidi que não vou mais ficar me remoendo pelo passado, lembrando dos momentos ultra-mega-felizes que tive, mas que nunca voltarão, nem tentando entender porquês que nunca terão respostas.

Muito menos continuar deixando pra ser feliz no futuro, quando meus supostos planos estarão supostamente sendo realizados e eu estarei supostamente realizada e feliz.

Em alta velocidade. Passando pelos sinais vermelhos. Entrando na contra-mão. Ao lado da janela, sentindo o vento bater no rosto e o meu cabelo dançar e todo mundo cantando sem se preocupar com o tom.

A trilha é de rock nacional dos anos 80. Toca, justamente porque sabe-se que eu gosto do rock nacional dos anos 80. E olha que eu nem precisei pedir ou avisar.

A gente segue cantando Raul e Legião. Levantamos o braço e vibramos pelo momento, porque estamos exatamente felizes. E então, quando a música acaba, a gente aperta a mão um do outro e diz com a voz já rouca: “CARALHO! ESSA FOI FODA!!!”

Porque foi mesmo, porque é desse tipo de coisa que eu não quero esquecer: do vento batendo no meu rosto; as ruas, casas e calçadas passando – como tudo passa:

numa velocidade que eu não me permite definir suas cores e contrastes; e eu cantando, e meu canto sendo acompanhado por outros que estão ali curtindo de verdade, sem medo de desafinar.

E eu senti como se estivesse voltando atrás, recuperando o que não vivi. Como se eu pudesse me desligar das minhas preocupações para o futuro, e então viver completamente o presente...

sem preocupar com os horários, com as palavras (ou com a ausência delas), com o meu jeito, com as minhas grosserias, dúvidas, suspeitas, e outras ocasiões...

É como se o que eu havia aprendido sobre a vida estivesse acabando de começar. Mesmo assim, não me sinto chegando atrasada à festa, porque é como se eu também fosse atração...

E eu não quero saber de quem já está indo, quero mesmo é ficar com quem está chegando comigo ou que ficou à minha espera e sorriu com a minha chegada.

*das coisas que precisam ficar registradas não só na minha memória (que é humanamente cruel).

12 comentários:

Cely Melo disse...

"E eu não quero saber de quem já está indo, quero mesmo é ficar com quem está chegando comigo ou que ficou à minha espera e sorriu com a minha chegada."
Vc sintetizou o que sinto, me fez refletir que embora tudo tenha passado, deixado marcas, não posso deixar isso me consumir, e que mesma adolescencia tenha indo embora, ainda posso ser inrresponsável como uma criança...
Bjus, Gi.

kilrio disse...

nossaaaaaa meu amor,q coisa mais bonita,fico feliz por ter lido e mais feliz por vc naum se sentir atrasada para a festa q acabou de começar.Bjus com muito carinho...

Veriana Ribeiro disse...

lindo, adorei o texto. Preciso dizer que a frase "Muito menos continuar deixando pra ser feliz no futuro, quando meus supostos planos estarão supostamente sendo realizados e eu estarei supostamente realizada e feliz. " mexeu muito comigo.

Vc é demais, seus texto são semrpe otimos. E vamos sim, viver o presente, esquecer o passado e n pensar no futuro. E continuar cantando Raul e Legião, pq talvez seja essa a verdadeira felicidade.

XDD

ana helena disse...

*.*
aiai...deu vontade de fazer tudo isso que vc falou e ao som de legião *.*
bjão giii!!
=*

Daya ^^ disse...

Que lindo Gisinhaaa!!
Td dia é um [re]começo e a gente tem que ser feliz (ou supostamente né!) com esses começos dos começos, sem medos, sem posseções, sem preocupações, "Pro dia nascer feliz"!! ^^

Hã, hanrammm, hã!!
Agamiova!!

Bjão bem grandão!!
=***

Pablo Mendes disse...

Adorei o texto, são coisas que vamos nos lembrar daqui muitos anos, pois é isso, somente isso que não nos deixa perder o entusiasmo de viver. Posso definir como uma coisa "menor que o céu e maior que o infinito"

Gi...Gi....(pegando no braço)

Irlla Narel disse...

Aaaaaaaarrrrrrr, perfeito perfeito.
Me sinto obrigada a participar disso, quero timaix!

=*

thalyta disse...

É como se o que eu havia aprendido sobre a vida estivesse acabando de começar. Mesmo assim, não me sinto chegando atrasada à festa, porque é como se eu também fosse atração...



que lindo giiiiiiiiiiiiii!



olha eu sou uma das pessoas que ficou a sua espera ou que vai chegar com vc ok?

;)

Leandro Chaves disse...

Caramba, dia massa aquele!
Como disseram acima, é um daqueles dias que nunca vamos nos esquecer!
Bom passar esse momento com vocês!
Abração, Giselle!

Anônimo disse...

http://creditando.blogspot.com/

林宥嘉yoga disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色

I LOVE YOU disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,AV女優,聊天室,情色,性愛