segunda-feira, 29 de outubro de 2007

18 meses

*vida acadêmica
*ou coisa que o valha

E no último sábado, estava eu acompanhando minha tia e meu primo no jantar de aniversário da minha mãe e do meu irmão. E naquele tradicional papo de família (que, apesar de tudo, me atrai sim), minha tia me fez o favor de lembrar-me que tenho apenas mais um ano meio de faculdade.

Refiz os cálculos e, de acordo com a matemática, é isso mesmo. Mas já? Confesso que fiquei assustada. É que eu posso enumerar várias coisas que planejei fazer na faculdade e que não fiz ainda nem 1/3!

Outro dia, eu dizia que tinha vontade de almoçar no R.U. ! Pode ser besteira, mas, deve ser meio sem graça sair da universidade sem enfrentar aquela fila e experimentar a [famosa] comida do R.U!

Pois bem... Hoje, segunda-feira, Igor e Sra. Jhô me entregaram o carnê de pagamento das mensalidades da formatura. “Meu deus do céu, isso tá perto de chegar ao fim mesmo!”.


A única colação de grau que eu participei foi quando sai da alfabetização. Não fiz a do ensino fundamental e nem a do médio. Não me perguntem o porquê, eu sei que sempre fui movida por vários grandes motivos, mas o único que lembro era que eu simplesmente não tinha vontade de participar dessas festas.

Mas agora eu tenho vontade sim. Estou ansiosa até. Não vejo a hora de colocar aquela roupinha, estender o braço à frente, fazer o tal do juramento e dançar valsa depois disso. Aliás, ainda é assim?

Acho que nesse dia, vou ficar muito feliz, quem sabe até chore um bucadinho. E nem vai ser de tanto rir, vai ser disso também, mas, principalmente, de emoção mesmo.

E quanto ao R.U., eu posso não ter almoçado lá, mas tenho a chance diária de, depois da aula, ir com o pessoal jantar na burgmania ou no árabe (kafka ou kafta?); já toquei no palquinho do DCE; já atravessei os [longos] varadouros da ufaclândia só com a iluminação da lanterninha de celular; e fiz outras coisinhas mais que são privilégios somente dos que fazem cursos noturnos! Muáháháh!

Além disso, [olha eu me gabando] eu já almocei no R.U da UnB, numa mesa cheia de acreano! Tudo bem que eu paguei um preço umas sete vezes mais caro do que o PF do RU da Ufac... mas... acho que deve ser alguma coisa né?!

*

8 comentários:

Carol Nunes disse...

Gisa,
Gostei muito, até derramei umas duas lagirmas...
Verdade, já se fora 1 ano e meio...
Tbm qria comer no RU, vamos marcar...

Bjo!

Irlla Narel disse...

Pq meu blog não está linkado aqui!? ¬¬'

Dayana disse...

Gisa, definitivamnte teu blog tem preconceito comigo... Oo
Agora num tava kerendo carregar o coiso aki.. Oo
Ehuheehehueuehueheuue!!
Pois é cara, um ano e meio, é complicado, é emocionante e triste, td junto... Frustante também,qndo a gente percebe q não fez nem metade do que planejou mesmo... Eu já comi no R.U umas três vezes!!\o/
Passei dias incríveis na "[al]UFAC[ea]" e espero passar mais um bocado!! =D
Agora falta participar do FUC com uma música bem fuleira, só de putaria né. Bora fazer essa música lá no R.U!! =D

Menina de óculos disse...

Eu já me formei uma vez e é muito bom. Vc vai adorar quando o reitor falar que declara os Formandos da Turma de 2005 os novos jornalistas do Estado do Acre. Vai dá vontade de gritar uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu...Mas depois vai dar um medinho sim. A gente sabe que após terminar a primeira faculdade, a gente é obrigado a virar gente grande e ser gente grande é assustador.

beijocasssss
:)

Kaline Rossi disse...

ain, eu almoço quase todos os dias lá e não está nem perto da minha formatura!
pi

me linka pohha!

Anônimo disse...

o que que vc fez a noite no escuro da ufac, menina? Não vai dizer que foi sexo!

Samuel Bryan disse...

eu ja fiz algumas coisas que so um curso noturno numa federal parece que pode propor
uhauahuahauhauah
e pq meu blog nao ta linkado aqui hein?
¬¬

beijos nina

Sugestivel disse...

Droga, passei batido num post tão legal...
Eu não sonho mais com a roupinha e aquele chapeu engraçado (que deve ter um nome específico). Aliás, não dá mais tempo de sonhar...Se eu não agir, fico pra atrás.
O que eu ando sonhando toda bendita noite é com três professores na minha frente, folheando algo em torno de 50 páginas e avaliando cada palavra que eu digo. No final, eu assino um papel, que até parece qualquer, mas tem eestá escrito "aprovada" no final da página. (Só não consigo ver a nota). E isso também não importa, porque eu choro nessa parte.
E ahhhhhhhh, eu lembrei do almoço da UNB. Foi caro, mas eu me senti tão universitária rs
Beijosss